Follow by Email

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Fortalecer a musculatura da panturrilha não é apenas uma questão estética.


A panturrilha devolve para o coração cerca de 100 ml de sangue por minuto. Dor na perna pode ser sintoma de problema no coração. As varizes atingem 15% da população feminina.
Meias elásticas não curam as varizes, mas ajudam durante o uso. Pílulas anticoncepcionais podem aumentar as varizes. O salto alto prejudica a panturrilha e deve ser usado no dia a dia.

Essa região tem uma função importante, já que é responsável por propulsar o fluxo do sangue para cima. Por isso, os especialistas a chamam de “coração periférico”. O estado de saúde dessa região pode comprometer seriamente todo o organismo. Além dos incômodos das varizes, a musculatura flácida, sem tonicidade, não comprime de forma eficaz as veias e o retorno venoso fica lento. Isso pode favorecer a trombose e uma série de males como: insuficiência venosa crônica, úlceras nas pernas, entre outros.

De acordo com a Royal Society of Medicine, até 2030 os problemas dos vasos sangüíneos vitimarão cerca de 12 milhões de pessoas com idade superior a 65 anos em todo o mundo. E mais: levantamentos apontam que dois por cento da população costuma ter algum grau de doença arterial obstrutiva periférica (DAOP).

A caminhada é o dever de casa de todos nós. Estando em movimento fazemos funcionar o ‘coração periférico’ e o fortalecimento da panturrilha pode melhorar a hemodinâmica venosa e a qualidade de vida.